terça-feira, 30 de agosto de 2016

XXIV Congresso Brasileiro de Poesia


XXIV Congresso Brasileiro de Poesia
 12 a 17 de setembro - Bento Gonçalves-RS
Poeta Homenageado: Hugo Pontes

Do Vinho e Da Uva

beber no teu vale dos vinhedos
o vinho que escorre em chafariz 
comer da tua carne como uva
nos parreirais do corpo sem mistérios
quantos silêncios atravessaram
tuas salas quartos portas e paredes
nos hotéis onde ficamos enclausurados
por semanas nestes mais de tantas anos
antepassados por fervor a poesia
que nem mesmo alguma algaravia
fosse de longe o que és em nossa estrada

foram 20 foram mais de 20 poucos
todo poeta é meio cínico meio médico
meio louco - esconde por detrás
da carnadura a verdadeira sanidade
a translucidez dessa loucura 

eu tenho Bento entre as cartilagens
dos meus dedos - e as nervuras
na santidade das meninas - as garotas
que conheci pelos cassinos 
por tanta noite que amanheceu despetalada
lambendo as ruas e os cabarés
nalguma entrada que me gerou poema tanto
bolero blue eu escrevi na carne amada

Artur Gomes 



Nenhum comentário:

Postar um comentário