segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

PSDB tenta salvar demos do inferno

PSDB tenta salvar demos do inferno


Por Altamiro Borges no blog do miro

O Estadão publicou ontem uma curiosa reportagem. Com o título “Tucanos tentam salvar espólio do DEM em cinco capitais”, ela relata os esforços da cúpula do PSDB para evitar que os demos rumem para o inferno nas eleições de outubro próximo. A matéria poderia até ter um subtítulo: “O abraço dos afogados”. E uma chamada: “Diabo já avisou que não aceita os demos”.

Segundo a jornalista Christiane Samarco, o desespero da oposição neoliberal-conservadora explica a operação-salvamento que está em curso. “Ameaçado de perder o ‘espólio’ do DEM para o governo petista de Dilma Rousseff, caso o partido desaparecesse do mapa político do Brasil, o PSDB resolveu dar um reforço eleitoral ao velho aliado nas eleições municipais”.

Aécio comanda a operação-salvamento

Os tucanos já decidiram se unir aos demos em cinco capitais e negociam parcerias em São Paulo, Recife e Campo Grande. Um dos operadores do socorro é o Aécio Neves, que tenta viabilizar seu sonho presidencial em 2014. “Vamos apoiar o candidato do DEM onde o partido tiver candidato viável... O esforço da direção partidária é para reatar a relação de confiança com o DEM”.

Prova desta disposição, segundo a reportagem, foi dada em Sergipe. A direção nacional do PSDB interveio no diretório estadual para garantir apoio à candidatura do ex-governador João Alves (DEM) a prefeito de Aracaju e pagou o preço da desfiliação do ex-governador Albano Franco. “Nossas relações com os democratas são prioritárias", justificou Sérgio Guerra, presidente do PSDB.

O jogo pragmático em São Paulo

Na capital paulista, depois de muito jogo de cena pragmático, tucanos, demos e kassabista decidiram se unir no apoio a José Serra e agora tentam curar as feridas. Para compensar a aliança com os “traidores” do PSD do ex-demo Kassab, a direção do DEM exige mais espaço no governo estadual de Geraldo Alckmin. “As mágoas serão superadas", garante Demóstenes Torres (DEM-GO).

O senador goiano ainda tenta disfarçar a decadência dos demos. “É claro que não podemos ser um partido satélite do PSDB, mas temos que estar juntos”, teoriza. O fato é que o DEM caminha para a extinção e muitos já apostam numa debandada geral ou numa fusão com o PSDB e o PPS de Roberto Freire. As eleições de 2012 serão decisivas para determinar o “espólio” dos demos.

O diabo que se cuide

Em 2010, a sigla direitista elegeu 46 deputados, menos da metade do que fez no reinado de FHC. Com a criação do PSD, ela ainda perdeu 17 deputados, uma senadora, um governador e centenas de prefeitos e vereadores. Sua maior estrela, o ex-governador José Roberto Arruda, foi preso por corrupção; e a sua “promessa” eleitoral, Gilberto Kassab, liderou a migração para o PSD.

Realmente, os demos necessitam de uma “operação-salvamento”. Do contrário, o diabo vai ter muito trabalho com os novos hóspedes.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

1º Festival Nacional de Cinema do IFF


Walter Carvalho confirma presença no 1º Festival Nacional de Cinema do IFF

Walter Carvalho é fotógrafo e cineasta, atualmente um dos diretores de fotografia mais requisitados do cinema brasileiro. É recordista de prêmios Candangos no Festival de Brasília e assinou a fotografia de Central do Brasil, Carandiru, Chega de saudade, Lavoura Arcaica, Abril Despedaçado, Budapeste e outros.

Regulamento e Ficha de Inscrição aqui:www.portalfulinaima.blogspot.com       www.iff.edu.br

estátua viva poesia a um real

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

walter carvalho confirma presença no 1º Festival Nacional de Cinema do IFF





Sobre o entrevistado: Walter Carvalho é fotógrafo e cineasta,atualmente um dos diretores de fotografia mais requisitados do cinema brasileiro. É recordista de prêmios Candangos no Festival de Brasília e assinou a fotografia de Central do Brasil, Carandiru, Chega de saudade, Lavoura Arcaica, Abril Despedaçado, Bicho de 7 Cabeças, Budapeste e outros.

novo grupo de filososfia com Viviane Mosé

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

Os Novos Imigrantes



http://tvbrasil.org.br/brasilianas/

Em seis meses a imigração cresceu 50% no Brasil, segundo dados do Ministério da Justiça, em comparação com o total de entradas verificado no final do ano de 2010. Para completar, o número de brasileiros vivendo em outros países também diminuiu sensivelmente, de 4 milhões, em 2004, para 2 milhões, atualmente.

O Brasilianas.org discute Os Novos Imigrantes . Como a criação de um ambiente de tolerância e democracia ajudou na construção de civilizações, como os Estados Unidos, e qual a experiência brasileira. Também serão abordados os momentos que ajudaram o Brasil a se desenvolver, com o auxílio do conhecimento e da força de trabalho dos imigrantes; e quais são os movimentos migratórios de hoje no país, principalmente na questão de importação e exportação de cérebros, para o desenvolvimento de conhecimento científico.

Para discutir o assunto, o jornalista Luis Nassif recebe o presidente do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), ligado ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Glaucius Oliva ; o professor do Centro de Comunicação e Letras do Mackenzie e especialista em imigração, Frederico Alexandre de Moraes Hecker ; e a presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Helena Nader .

Leonardo Medeiros e Djin Sganzerla

 Leonardo Medeiros e Djin Sganzerla comparam partituras e roteiros, no primeiro dia de palestras da Semana de Orientação



O bate-papo entre os atores, alunos e convidados girou em torno das produções brasileiras, das diferenças entre atuar e escrever para cinema e televisão e principalmente na paixão de atuar e trabalhar com audiovisual. “Roteiros, por exemplo, parecem uma partitura, eles são músicas. Quando o filme começa, você precisa entra na sinfonia. O ator precisa pensar no filme como obra de arte, para fazer parte da obra, para não virar uma marionete”, fala Leo Medeiros. E Djin finaliza, “o bom ator é o ator-criador, aquele que sabe ouvir, sabe trocar e sabe compor o personagem com arte”.


*Foto Gustavo Lourenço
fonte: http://aicinema.com.br
 Mostra Curta IFF


14 a 16 de Março - Campus Campos Centro
breve divulgação dos filmes selecionados

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

1º Festival Nacional de Cinema do IFF (Instituto Federal Fluminense de Ciência e Tecnologia)




1º Festival nacional de Cinema do IFF
Inscrições para as Mostras Competitivas até 1º de Março
Inscrições para Mostras Não Competitivas abertas permanentemente

Regulamento e Ficha de Inscrições aqui http://portalfulinaima.blogspot.om


Jura Secreta 13

o tecido do amor já esgarçamos 
em quantos outubros nos gozamos 
agora que palavro itaocaras 
e persigo outras ilhas 
na carne crua do teu corpo 
amanheço alfabeto grafitemas 
quantas marés endoidecemos 
e aramaico permaneço doido e lírico 
em tudo mais que me negasse 
flor de lótus flor de cactos flor de lírios 
ou mesmo sexo sendo flor ou faca fosse 
hilda hilst quando então se me amasse 
ardendo em nós salgado mar 
e olga risse 
olhando em nós
flechas de fogo se existisse 
por onde quer que eu te cantasse
ou amavisse

arturgomes