quarta-feira, 27 de julho de 2011

Globo recebe R$ 30 milhões de governo e prefeitura do Rio para organizar festa da Fifa.



Saiu no UOL a seguinte manchete:

A matéria de Vinícius Segalla afirma o seguinte:
A Geo Eventos, empresa de eventos das Organizações Globo e do Grupo RBS, vai receber R$ 30 milhões do governo estadual e da prefeitura do Rio de Janeiro para organizar o evento em que será realizado o sorteio preliminar das eliminatórias da Copa do Mundo de 2014, o chamado "Preliminary Draw".
A empresa foi contratada em regime de exclusividade pelo Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014 para produzir e captar patrocínios para a cerimônia. O sorteio acontecerá no dia 30 de julho, às 15h, na Marina da Glória (zona Sul do Rio), e será transmitido ao vivo para cerca de 200 países.
Segundo a matéria apenas dois patrocinadores se interessaram pelo evento: a prefeitura e o governo do estado do Rio de Janeiro. Cada patrocinador dará 15 milhões de reais para a Globo.

A hipocrisia da Globo
Na semana passada o jornal O Globo dedicou-se exclusivamente a atacar o 52º. Congresso da UNE realizado em Goiânia com a presença de cerca de 10 mil estudantes. Segundo O Globo, o fato do congresso da UNE ter recebido dinheiro estatal faz a entidade representativa dos estudantes ser “chapa-branca”.

Entretanto, agora sai a notícia de que a Globo receberá R$ 30 milhões dos cofres públicos para realizar uma festa. Até onde se sabe, não há registro na história deste país de uma festa que tenha custado tanto aos cofres públicos.

Para O Globo, dinheiro público não deve servir para financiar processos democráticos e pedagógicos como o Congresso da UNE. Para O Globo, o dinheiro público deve servir apenas para financiar festas e engordar os cofres das empresas privadas de comunicação.
Ou será que a Globo se considera “chapa-branca” por receber dinheiro da prefeitura e do governo do estado do Rio de Janeiro?
Globo recebe R$ 30 milhões de governo e prefeitura do Rio para organizar festa da Fifa.

fonte: Fatos Sociais

Nenhum comentário:

Postar um comentário