terça-feira, 26 de outubro de 2010

URGENTE: ATENTADO e golpe midiático!

Repassar a mensagem abaixo é de EXTREMA importância para evitarmos um golpe às vésperas das eleições!

Por favor, repasse-a!


Após o episódio da bolinha de papel (ver aqui) que jogaram em Serra, em que jornais do mundo todo mostraram a farsa do candidato tucano (que fez até TOMOGRAFIA para simular estar ferido), em que vimos também a capacidade da Rede Globo de coonestar FRAUDES que favoreçam Serra...

...após isso, passamos a ter uma forte suspeita: Serra e o PSDB poderão armar um ATENTADO ou um confronto com "petistas" (pessoas pagas para vestir camisas do PT e simularem um confronto) durante a passeata organizada pelo PSDB dia 29 - a dois dias das eleições.

Pense bem: o governo do PT tem 80% de aprovação. O presidente Lula tem 82% de aprovação pessoal. Todas as pesquisas indicam crescimento de Dilma e queda do candidato do PSDB.
Assim, do que Serra precisa? De CAOS: imagens de pessoas ensanguentadas, de explosão, igrejas pegando fogo, algo do tipo. De resto, a Globo e os jornais que apoiam Serra tratam de instaurar o PÂNICO na população e colocar a culpa no PT e na Dilma.

Dia 29 já não haverá mais horário eleitoral. Portanto, não haverá como a campanha de Dilma se defender. Aí o Jornal Nacional poderá deitar e rolar, e fazer como fez em 1989, quando manipulou suas reportagens para eleger Collor de Mello.

Lembrem-se: estão em jogo os 8 TRILHÕES do Pré-Sal. Portanto, não é apenas Serra que tem interesse nestas eleições, mas todos os países ricos. O Brasil está cheio de agentes da CIA, que podem muito bem ajudar a forjar um "ataque petista" durante a passeata de Serra.

Durante o primeiro turno, o jornalista Paulo Henrique Amorim denunciou uma farsa em que a mídia serrista iria dizer à população que o PCC apoiava o governo Lula e a candidatura Dilma.

Graças à mobilização da internet, através de emails, blogs e orkuts, a farsa foi desmontada antes que tentassem divulgá-la.

Assim, esta é a única arma que temos contra a manipulação das Globos da vida: repassar os emails e usar a internet para neutralizar as manipulações da imprensa.
Portanto, não se omita! Deve vencer as eleições no Brasil aquele ou aquela que tiver o melhor projeto de país; e não o candidato que, como um Dick Vigarista, fica armando golpes junto à imprensa para fraudar as eleições.

REPASSE este email! Cada um precisa fazer sua parte!

Queremos eleições LIMPAS!
PS: Abaixo, links de diversos jornalistas que conhecem o ramo da espionagem e tem alertado: às vésperas das eleições tentararão um golpe midiático para tentar eleger Serra, o candidato das multinacionais do petróleo.

Rodrigo Vianna, jornalista, R7: A tática militar da desinformação e do pânico: http://www.rodrigovianna.com.br/plenos-poderes/as-cinco-ondas-da-campanha-contra-dilma-sao-tecnicas-de-contra-informacao-militar.html

Luiz Carlos Azenha, jornalista: Alerta de quem é do ramo: a armação que pode vir nos dias finais de campanha: http://www.viomundo.com.br/politica/alerta-de-quem-e-do-ramo-a-armacao-que-pode-vir-nos-dias-finais-de-campanha.html

Fraude da Globo: Professor de jornalismo gráfico mostra que só foi uma bolinha de papel mesmo que atingira Serra: http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2010/10/22/professor-desmoraliza-fita-adesiva-do-jn/?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+pha+(Conversa+Afiada)



CONVOCATÓRIA ATO PRÓ-CULTURA PARA O BRASIL SEGUIR MUDANDO
http://www.ocupacaoteatral.zip.net/

Sabemos que os oitos anos do atual governo federal foi fundamental para a consolidação de uma Política Cultural diferenciada e democrática que abriu diálogo com forças sócio-culturais e avançou na discussão abrindo diálogo com forças representantes, grupos, indivíduos, produtores e agentes culturais. Com isso, queremos nos unir em torno de uma continuidade de trabalho que precisa avançar e consolidar mais ainda o que queremos.

Queremos contar com sua presença nesse ato tão importante e fundamental para a continuidade de um pensamento.

O Movimento de Ocupação Teatral convoca à todos os artistas, técnicos, jornalistas, intelectuais, sindicalistas, grupos teatrais, de circo, músicos, culturas populares, pontos de culturas, de dança e artes em geral ou não para debatermos,dialogarmos, compararmos, a atual política cultural dos governos federal, municipal e estadual bem como editais públicos e privados.

O objetivo do ato é fazermos um balanço sobre o atual governo federal e debater gestões de governos no que diz respeito a atual política cultural nas esferas governamentais e apontar nossa linha de pensamento para o futuro governo federal deste país.

Apontar os seguintes pensamentos:

Novos modelos de financiamento a cultura
Novos rumos de uma política cultural para este país
Balanço da atual política cultural

Dia 29 ( 6ª feira )
Às 15h na sede do Sindicato dos Jornalistas de São Paulo
Local: Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado de São Paulo
Endereço: Rua Rêgo Freitas 530, sobre loja
Referência: próx. a igreja da Consolação / cruzamento da rua Consolação
Site: http://www.ocupacaoteatral.zip.net/
Fone: 11-7174-7487
REALIZAÇÃO: MOVIMENTO DEOCUPAÇÃO TEATRAL
http://www.ocupacaoteatral.zip.net/



URGENTE - Grave Denúncia no VIOMUNDO
joaosubires@yahoo.com.br

25 de outubro de 2010 às 21:23

A denúncia do leitor Fernando

Sou morador de São Paulo do bairro Santa Cecília, que fica próximo a avenida São João, e ontem ouvi duas pessoas em um bar que fuinesta avenida, falando baixinho ( até certo ponto ), sobre a armação que tá sendo criada para o dia 29 de outubro.

Segundo estas pessoas um número x de camisas foi mandada ser feita com a insignia do PT, a estrelinha, e muitas pessoas vão estar na passeata que FHC promove neste dia, o 29 de outubro, criando um badernaço sem igual e que terá grande mídia cobrindo, com estas camisas sempre aparecendo.

Falavam as duas pessoas que toda a grande mídia já sabe deste fato, eque isso quer fazer as pessoas pelo JN dar cobertura, e outras mídias também, de isso fazer o voto mudar, por sentimentalismo das imagens demonstradas, como eles falavam, de total vandalismo no centro de São Paulo, por parte de petistas.

Serão apresentadas muitas pessoas ensanguentadas.

Escrevi para o Blog do Altamiro Borges, e estou escrevendo para quem pode fazer alguma coisa, no sentido de nos reunirmos e fazermos uma vigilia pública em local também público de São Paulo, por que o PSDB vaiquerer colocar fogo nas eleições, desacreditando a Dilma. Desacreditando no PT.

É preciso que alguém me ajude nisso.

Temos que colocar um local no centro de São Paulo, permanentemente visivel para todos, para que possamos fazer o que precisa ser feito, nesta reta final de eleições. escrevi para o Altamiro Borges no sentidodo mesmo fazer um novo encontro pela liberdade de expressão, e em local público para que isso possa ser contido.

Não podemos dar bobeira alguma.

Eu ouvi estas pessoas conversando no bar e fiquei bastante preocupado, por causa de como elas tratavam disso, e pareciam saber demais para não ser verdade o que falavam.

Meu cel é: (11) 8606 XXXXM e chamo Fernando e estou a disposição.
Abraços

PS do Viomundo: O Rodrigo Vianna atestou que o leitor Fernando existe e ele confirmou a denúncia por telefone.
Fonte: http://www.viomundo.com.br/politica/a-denuncia-do-leitor-fernando.html
João Subires
Produtor/Gestor Cultural
Cineclubista11 - 9918 7357



PT flagra em Perus distribuição de panfleto calunioso contra Dilma

Presidência zonal do partido registra BO no 46º DP. Cinco prestam depoimento e 15 impressos foram apreendidos

Na tarde de hoje (25), o presidente do Diretório Zonal do PT de Perus, José Elimar de Carvalho (Pipoca), registrou Boletim de Ocorrência no 46º Distrito Policial contra um grupo que distribuía material irregular sobre a candidata à Presidência, Dilma Rousseff.

Aproximadamente 30 indivíduos identificados com uniformes da “Turma do Bem” entregavam panfletos difamatórios, que associavam a candidata a práticas terroristas. Cinco foram pegos em flagrantes e cerca de 15 impressos foram apreendidos.

A ação ocorreu por volta das 12h na Praça Luis Neri, no centro de Perus. Segundo Pipoca, o flagrante foi dado pelo tesoureiro zonal do PT, Ailton da Silva Batista, que recebeu um dos panfletos. Além do uniforme, os indivíduos portavam bandeiras e adesivos da campanha do candidato José Serra (PSDB).

Ao serem flagrados pelos policiais, os integrantes da “Turma do Bem” chegaram a ameaçar de violência física os dirigentes do PT que acompanhavam a viatura.
Até o fechamento desta nota (18h), os envolvidos ainda se encontravam da 46º DP para prestar depoimento.

Para mais informações:
José Edimar de Carvalho (Pipoca):
(11) 6499-5667 9634-886446º
DP - Perus: (11) 3917-0727
Secretaria de Comunicação PT-SP:
(11) 2103-1351 2103-1354


O suposto factóide "Abílio Diniz" versão 2010 montado pelo PSDB: a gravidade da denúncia modus operandi da mídia e dos partidos conservadores na reta final das eleçõesArmações sem criatividade: da camiseta do PT nos sequestradores de Abílio Diniz em 1989 até a possível confusão em São Paulo esta semana

Hoje saiu uma das cerca de oito pesquisas que povoarão o noticiário na semana decisiva das eleições, não me atenho aos resultados do Vox Populi, porque creio que pautar-se pelos números frios, neste momento, signifique perder o rumo no melhor momento da campanha.Balizar as ações pelas pesquisas pode ser positivo, mas crer que os números antecipem decisões, com certeza não é a melhor das maneiras para encarar a reta final: não se ganha o jogo sem jogá-lo até o fim, mesmo que o placar parcial apresente vantagem.


A gravidade da denúncia

Saindo do tema das pesquisas banalizadas e executadas apenas para "demonstrar (pré)determinadas tendências", o que circula hoje pela net é a denúncia de que a oposição, desesperada e ávida pela vitória a qualquer custo, planeja criar um tumulto em uma caminhada do PSDB, com a presença de Serra e FHC, na próxima sexta-feira em São Paulo e, ao estilo 1989, infiltrar baderneiros vestindo camisetas vermelhas e com o símbolo do PT, tal como arquitetado nas vésperas do 2º turno em 1989 quando os sequestradores de Abílio Diniz foram vestidos pela polícia paulista com camisas do PT, para incriminar o partido e lançar desconfianças sobre Lula.

A filósofa Marilena Chauí, faz este alerta, conforme é possível ler aqui. A denúncia de Chaui é grave e, caso se comprove, não traria surpresa alguma para aqueles que não esquecem os movimentos mais sujos protagonizados pela mídia e partidos políticos conservadores ao longo das últimas duas décadas.(...)É bom lembrarmos que, ao menos, sete pesquisas ainda serão divulgadas e três debates travados, com um noticiário amplamente negativo para a candidatura de Dilma, esperam a mídia e a oposição, equilibrar a disputa...

Somando um fato fabricado de tamanhas proporções, o resultado de domingo poderia se tornar imprevisível.

O antídoto? Não se conformar com vantagens nas pesquisas e contra-atacar com informações sobre supostos esquemas e neutralizá-los antes que aconteçam ou evitar que tenham o ambiente propício para ocorrer, pode ser um antídoto eficiente.

Apesar de todo o clima alegre e otimista na campanha de Dilma, nunca se pode desprezar o que são capazes de tramar todos os personagens que atuam na campanha de Serra, além de todo o aparato montado para confundir a decisão das pessoas na hora "H". Leia a íntegra aqui: http://palavra-diversas.blogspot.com/



Fernando Henrique Cardoso foi colaborador da CIA afirma Frances
zc_ferreira@yahoo.com.br


Ainda que a traição agrade, o traidor é sempre odiado” (Miguel de Cervantes).

“Cometem-se muito mais traições por fraqueza do que em conseqüência de um forte desejo de trair” François de La Rochefoucauld.

“Nunca houve nenhuma chance de neoliberalismo aqui. Este é um país muito pobre e o Estado sempre terá um papel importante na atenuação de diferenças sociais.” Fernando Henrique Cardoso em entrevista publicada no Financial Times, em abril de 2002

FERNANDO HENRIQUE CARDOSO FOI COLABORADOR da CIA afirma FRANCES STONOR SAUNDERS – Londres / Movimento Verdade / São Paulo

Mal chegou às livrarias e o livro ”Quem pagou a conta?” já se transformou em bestseller.

A obra da pesquisadora inglesa Frances Stonor Saunders (editada no Brasil pela Record, tradução de Vera Ribeiro), ao mesmo tempo em que pergunta, responde: quem “pagava a conta” era a CIA, a mesma fonte que financiou os US$ 145 mil iniciais para a tentativa de dominação cultural e ideológica do Brasil, assim como os milhões de dólares que os precederam, todos entregues pela Fundação Ford a Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente do país no período de 1994 a 2002.

O comentário sobre o livro consta na coluna do jornalista Sebastião Nery, do diário carioca Tribuna da Imprensa. “Não dá para resumir em uma coluna de jornal um livro que é um terremoto. São 550 páginas documentadas, minuciosa e magistralmente escritas: “Consistente e fascinante” (The Washington Post). “Um livro que é uma martelada, e que estabelece em definitivo a verdade sobre as atividades da CIA” (Spectator). “Uma história crucial sobre as energias comprometedoras e sobre a manipulação de toda uma era muito recente” (The Times).
Dinheiro da CIA para FHC

“Numa noite de inverno do ano de 1969, nos escritórios da Fundação Ford, no Rio, Fernando Henrique teve uma conversa com Peter Bell, o representante da Fundação Ford no Brasil. Peter Bell se entusiasma e lhe oferece uma ajuda financeira de 145 mil dólares. Nasce o Cebrap”. Esta história, assim aparentemente inocente, era a ponta de um iceberg. Está contada na página 154 do livro ”Fernando Henrique Cardoso, o Brasil do possível”, da jornalista francesa Brigitte Hersant Leoni (Editora Nova Fronteira, Rio, 1997, tradução de Dora Rocha).

O ”Inverno do ano de 1969″ era fevereiro de 69. (este é outro livro que deve ser lido!) Fundação Ford

Há menos de 60 dias, em 13 de dezembro, a ditadura havia lançado o AI-5 e jogado o País no máximo do terror do golpe de 64, desde o início financiado, comandado e sustentado pelos Estados Unidos. Centenas de novas cassações e suspensões de direitos políticos estavam sendo assinadas. As prisões, lotadas. Até Juscelino e Lacerda tinham sido presos. E Fernando Henrique recebia da poderosa e notória Fundação Ford uma primeira parcela de 145 mil dólares para fundar o Cebrap (Centro Brasileiro de Análise e Planejamento).

O total do financiamento nunca foi revelado. Na Universidade de São Paulo, sabia-se e se dizia que o compromisso final dos americanos era de 800 mil a um milhão de dólares.

Agente da CIA

Os americanos não estavam jogando dinheiro pela janela. Fernando Henrique já tinha serviços prestados. Eles sabiam em quem estavam aplicando sua grana. Com o economista chileno Faletto, Fernando Henrique havia acabado de lançar o livro “Dependência e desenvolvimento na América Latina”, em que os dois defendiam a tese de que países em desenvolvimento ou mais atrasados poderiam se desenvolver mantendo-se dependentes de outros países mais ricos.

Como os Estados Unidos.

Montado na cobertura e no dinheiro dos gringos, Fernando Henrique logo se tornou uma “personalidade internacional” e passou a dar “aulas” e fazer “conferências” em universidades norte-americanas e européias. Era “um homem da Fundação Ford”. E o que era a Fundação Ford? Uma agente da CIA, um dos braços da CIA o serviço secreto dos EUA.

Milhões de dólares

1 – “A Fundação Farfield era uma fundação da CIA… As fundações autênticas, como a Ford, a Rockfeller, a Carnegie, eram consideradas o tipo melhor e mais plausível de disfarce para os financiamentos… permitiu que a CIA financiasse um leque aparentemente ilimitado de programas secretos de ação que afetavam grupos de jovens, sindicatos de trabalhadores, universidades, editoras e outras instituições privadas” (pág. 153).

2 – “O uso de fundações filantrópicas era a maneira mais conveniente de transferir grandes somas para projetos da CIA, sem alertar para sua origem. Em meados da década de 50, a intromissão no campo das fundações foi maciça…” (pág. 152). “A CIA e a Fundação Ford, entre outras agências, haviam montado e financiado um aparelho de intelectuais escolhidos por sua postura correta na guerra fria” (pág.443).

3 – “A liberdade cultural não foi barata. A CIA bombeou dezenas de milhões de dólares… Ela funcionava, na verdade, como o ministério da Cultura dos Estados Unidos… com a organização sistemática de uma rede de grupos ou amigos, que trabalhavam de mãos dadas com a CIA, para proporcionar o financiamento de seus programas secretos” (pág. 147). Fernando Henrique foi fácil.

4 – “Não conseguíamos gastar tudo. Lembro-me de ter encontrado o tesoureiro. Santo Deus, disse eu, como podemos gastar isso? Não havia limites, ninguém tinha que prestar contas. Era impressionante” (pág. 123).

5 – “Surgiu uma profusão de sucursais, não apenas na Europa (havia escritorios na Alemanha Ocidental, na Grã-Bretanha, na Suécia, na Dinamarca e na Islândia), mas também noutras regiões: no Japão, na Índia, na Argentina, no Chile, na Austrália, no Líbano, no México, no Peru, no Uruguai, na Colômbia, no Paquistão e no Brasil” (pág. 119).

6 – “A ajuda financeira teria de ser complementada por um programa concentrado de guerra cultural, numa das mais ambiciosas operações secretas da guerra fria: conquistar a intelectualidade ocidental para a proposta norte-americana” (pág. 45). Extraído do Palavras,

Todas Palavras
Postado por Castor Filho às 21:15:00


Oficina Livre: Vídeo
Oficina Livre: VídeoClip
http://www.cinemanosso.org.br/content/oficina-livre-video-clip

Estão abertas as inscrições para a “Oficina Livre: Vídeo Clip”, ministradapor Rafael Eiras, educador da Escola Audiovisual Cinema Nosso. Em cincoencontros, de 08 a 12 de novembro, das 18h às 21h, os alunos irão conheceros conceitos básicos do audiovisual e da estética do videoclipe a partir deaspectos teóricos e exercícios práticos.

Inscreva-se até o dia 05 de novembro através do telefone (21) 2505-3300.
Veja mais informações no site do Cinema Nosso: www.cinemanosso.org.br

Oficina Livre: Fotografia
http://www.cinemanosso.org.br/content/oficina-livre-fotografia

Estão abertas as inscrições para a "Oficina Livre: Fotografia", ministradapor Carlos Calika, educador da Escola Audiovisual Cinema Nosso. Em cinco encontros, de 22 a 26 de novembro, das 18h às 21h, Carlos dará noções básicas de iluminação através do estudo dos filtros de luz e de correção decor.

Qual refletor usar em determinada situação?
Que tipo de luz elespropiciam ao iluminador?
A fotografia é parte fundamental da narrativa de um filme e, na oficina, os alunos irão aprender as diferenças entre os principais gêneros cinematográficos, recriando os ambientes típicos de cadaestilo.

Inscreva-se até o dia 05 de novembro através do telefone (21) 2505-3300.
Veja mais informações no site do Cinema Nosso: www.cinemanosso.org.br

Produtora-Escola Cinema Nosso procura jovem talento
http://www.cinemanosso.org.br/content/produtora-escola-cinema-nosso-procura-jovem-talento-0>

O Cinema Nosso está selecionando jovens talentos que tenham experiência com cinema para fazer parte da turma da Produtora-Escola (Videografismo). Os candidatos devem ter disponibilidade para encontros pela tarde dos dias úteis e, ocasionalmente, nos fins de semana.

Há preferência para aqueles que já tenham participado de projetos em audiovisual, para alunos de cursos de graduação em Cinema ou para ex-alunos do Cinema Nosso. Além de participar das atividades da Produtora-Escola, o selecionado receberá auxílio-transporte. A seleção é direcionada para jovens que tenham até 23anos.

Os candidatos devem enviar seus currículos, detalhando a área de interesseno cinema, para curriculo@cinemanosso.org.br até o dia 25 de outubro de2010.

Oficina de Interpretação paraVídeo
http://www.cinemanosso.org.br/content/oficina-de-interpretacao-para-video>

Estão abertas as inscrições para a Oficina de Interpretação para Vídeo que será realizada de 20 de Outubro a 15 de Dezembro, sempre às quartas-feiras,das 18:30h às 21h. Com uma turma de no máximo 20 alunos, a oficina será ministrada pela educadora Ana Cristina Cunha, com a sua pesquisa sobre interpretação e linguagens artísticas e tecnológicas.

Os integrantesreceberão um certificado de participação, além de fazerem parte do elenco deum curta-metragem. A atividade tem uma taxa de manutenção mensal de R$60,00.

Informações: interpretacao@cinemanosso.org.br e no site www.cinemanosso.org.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário