quarta-feira, 29 de setembro de 2010

A Escola de Comunicação da UFRJ convida

Eleições 2010
Nem todo escândalo será televisionado
Debate sobre o comportamento da mídia nas eleições

Dia 01/10/2010 (sexta-feira)
Horário: 14h às 17h
Local: Auditório do CFCH - Campus da UFRJ da Praia Vermelha

Participantes: Maurício Dias (Carta Capital), João Caribé (midiativista),
Darby Igayara (CUT), Ivana Bentes (ECO/UFRJ), Suzy Santos(ECO/UFRJ), Henrique Antoun (ECO/UFRJ), Giuseppe Cocco(ESS/UFRJ), Marcos Dantas (ECO/UFRJ).

Há poucos meses, a presidenta da Associação Nacional de Jornais,Judith Brito, diretora da Folha de S. Paulo, declarou que, dianteda debilidade da Oposição, a mídia teria que ocupar o seu lugar.

E, de fato, qualquer observador realmente isento reconhecerá que,nestas eleições, a mídia não foi nada isenta, tendo ocupado commuito mais denodo e agressividade o espaço que deveria pertenceraos partidos políticos de Oposição ao atual governo.

Este explícito papel que a imprensa escrita e televisionadacumpriu ao longo do atual processo eleitoral será tema de debate em evento organizado pela Escola de Comunicação da UFRJ, com apresença de profissionais da mídia, blogueiros, professores, estudantes e todo cidadão e cidadã realmente preocupados com a ameaça ao direito à comunicação e ao livre acesso à informação.




CARTA ABERTA À NAÇÃO BRASILEIRA

Na condição de Presidente do Conselho Nacional de Pastores do Brasil – CNPB;
Presidente Nacional das Assembléias de Deus Ministério de Madureira; de Deputado Federal e
homem de Deus compromissado com a verdade, sinto-me no dever de respeitosamente
esclarecer:

1) Com relação à boataria cruel e mentirosa que permeia os meios de comunicação,
principalmente a internet com intuito irresponsável de difamar e plantar dúvidas concernente à
candidatura de Dilma Rousseff, tenho a dizer que em momento algum a afirmação “nem Cristo
impede ...”, saiu dos lábios da senhora Dilma Rousseff, sendo portanto, mera ficção e sórdida
mentira da parte desses autores.

2) Em reunião no dia 24 de julho próximo passado, na Sede Nacional das Assembléias de
Deus no Brasil em Brasilia-DF, na presença de mais de 3.000 (três mil) pastores e líderes de todosos Estados do Brasil e Distrito Federal e, com a participação de 14 denominações evangélicasmais representativas do segmento religioso do país foi firmado um compromisso público de quetodos os temas que envolvam conceitos de fé e princípios ético-religiosos serão sempre deiniciativa do poder legislativo – Congresso Nacional – e nunca por iniciativa do poder executivo; sendo esta candidatura a única a se comprometer de forma expressa e pública com estesprincípios.

Afirmou inclusive a candidata Dilma Rousseff, ser defensora da valorização da vida, da família e dos seus conceitos fundamentais.

3) Portanto, tudo que passar disso é mera invenção e mentira de pessoas
descompromissadas com a verdade.

Reitero neste momento a nossa posição de apoio total e irreversível à candidatura
de Dilma Rousseff à Presidência da República Federativa do Brasil, com a certeza de que
estamos no rumo certo do sucesso, do desenvolvimento, da melhoria de vida das pessoas, da
valorização da família, dos princípios éticos cristãos, sendo estes inequivocamente a base para a
vitória que todos queremos os quais são defendidos reiteradamente por Dilma Rousseff.

Atenciosamente,

Bispo Doutor Manuel Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário