quarta-feira, 22 de setembro de 2010

DIAP identifica 812 candidatos com chance de eleição para Câmara

Agência DIAP
Seg, 20 de Setembro de 2010 11:23

O levantamento feito pela assessoria parlamentar do Departamento identifica 812 candidatos com chance de vitória na eleição de 3 de outubro para as 513 cadeiras disponíveis na Câmara dos Deputados. A pesquisa abrange as 26 unidades da Federação e também o Distrito Federal
O DIAP acaba de concluir seu prognóstico com o nome dos 812 candidatos com chance de eleição para as 513 cadeiras da Câmara dos Deputados. O levantamento abrange todos os 26 estados e o Distrito Federal

Em todo o Brasil, os 27 partidos que disputam as eleições lançaram 5.965 candidatos para as 513 vagas de deputado federal.

Feito com base em informações qualitativas e quantitativas, o levantamento, que não possui caráter de pesquisa eleitoral nem a pretensão de ser conclusivo, considerou os seguintes aspectos:
1) desempenho individual do candidato (perfil, vínculos políticos, econômicos e sociais, experiência política anterior e serviços prestados);
2) trajetória e popularidade do partido, com base nas últimas cinco eleições);
3) os recursos disponíveis (financeiros e humanos, como financiadores e militantes);
4) coligações e vinculação a candidatos majoritários (senador, governador e presidente);
5) apoio governamental (máquinas municipais, estaduais e federal);
e 6) pesquisas eleitorais.

A metodologia considera como candidatos competitivos todos os 406 atuais deputados que concorrem à reeleição. São considerados candidatos à reeleição apenas os deputados federais que estão no efetivo exercício do mandato. Não são considerados candidatos à reeleição os suplentes que em algum momento, ao longo dos últimos quatro anos, exerceram o mandato. São classificados como novos todos os demais, inclusive os ex-deputados ou suplentes que exerceram o mandato na atual legislatura.

A distribuição por gênero identifica que 78 mulheres estão bem cotadas para ocupar, cada uma, uma vaga na Câmara Federal. Assim sendo, o Parlamento poderá contar com 43 novas mulheres além das 35 que tentam renovar o mandato de deputada federal. Atualmente, a bancada feminina no Congresso Nacional é 45 parlamentares.

Por partido, o PT, que ocupa em todo o Brasil a terceira colocação de candidatos lançados para a disputa da Câmara Federal, aparece em 1º lugar no ranking de chance de eleger deputados federais. O partido do presidente Lula lançou 371 candidatos nos 26 estados e no Distrito Federal e 137 deles têm boas chances de serem eleitos.

O PMDB, que aparece em 2º lugar com chance de eleger deputados federais, também ocupa a 2ª posição de maior quantidade de candidatos lançados para a disputa das vagas do Parlamento. O partido lançou 422 candidatos para a Câmara dos Deputados e 115 dos seus filiados têm chance de eleição.

O terceiro partido com maior chance de eleger deputados federais é o PSDB, que lançou 323 candidatos a deputado federal. O partido, que ocupa a 7ª posição no ranking nacional de candidatos lançados para a disputa de cada uma das vagas da Câmara dos Deputados, tem chance de eleger 87 candidatos.

O presente levantamento faz parte da projeção do DIAP para as bancadas partidárias da próxima legislatura, conforme levantamentos por partido e por coligação em cada unidade da federação.

Veja os nomes dos candidatos que, na visão do DIAP, são os mais competitivos para a Câmara em cada um dos 26 estados e do Distrito Federal.

Caso o leitor venha a constatar alguma impropriedade, inconsistência com pesquisa eleitoral ou tenha opinião divergente, favor enviar e-mail para diap@diap.org.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. ou incluir comentário neste portal eletrônico.



Contra o golpismo midiático e em defesa da democracia


A União da Juventude Socialista (UJS) convoca os movimentos sociais do Rio de Janeiro para o ato "contra o golpismo midiático e em defesa da democracia".

O Ato será nesta quinta-feira, 23 de setembro, às 15 horas, em frente ao Clube Militar.

Neste mesmo horário o Clube Militar realizará com o Instituto Millenium um debate sobre "liberdade de expressão" com os jornalistas Merval Pereira (Globo) e Reinaldo Azevedo (Veja).

A sociedade sabe que o Instituto Millenium e o Clube Militar não possuem nenhuma credibilidade para falar em liberdade de expressão. Vamos mostrar para os golpistas que liberdade de imprensa não é o mesmo que liberdade de empresa.

Traga sua bandeira para defender a democracia!


Ato Político

"Contra o golpismo midiático e em defesa da democracia".

Local: Em frente ao Clube Militar (Av. Rio Branco, Nº 251, Centro, RJ).

Quando? Quinta-feira, 23 de setembro, às 15 horas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário