segunda-feira, 23 de novembro de 2009

Encontro de Teatro 2009



O SESC São Caetano e a Prefeitura Municipal de Mauá, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, Esportes e Lazer realizarão de 03 a 06 de dezembro, o Encontro de Teatro 2009.
Artistas da cidade e do Estado participarão do evento.

O Encontro é um início de ações preparatórias para o 1º Festival Nacional de Teatro de Mauá, que está previsto para ocorrer entre os meses de Abril e Maio de 2010.
As apresentações acontecerão no Teatro Municipal, no Museu Barão de Mauá, no auditório da Escola Municipal Cora Coralina, na Biblioteca Cecília Meireles (Sala Heleny Guariba), na Praça 22 de Novembro e, ainda, em um “ônibus circulante” considerado um espaço não convencional.
A programação incluirá espetáculos de rua, para crianças e para o público em geral.
Segundo o Secretário de cultura, Esportes e Lazer José Estevam Gazinhato:
“É muito importante para Mauá, retomar a mística do Teatro que sempre foi uma das forças culturais da cidade”.
Atividades Formativas também farão parte do encontro, com a participação de diretores, teóricos, atores de renome e artistas da cidade, com a intermediação do Prof. Dr. Alexandre Matte e o Prof. MS. em Artes Cênicas e Coordenador de Cultura de Mauá – Caio Evangelista.
Denise Stocklos abrirá o Encontro de Teatro 2009, no dia 3 de dezembro, às 20h, no Teatro Municipal de Mauá.
Encontro de Teatro 2009
De 03 a 06 de dezembro de 2009
Realização: SESC São Caetano e Prefeitura Municipal de Mauá
Local: Mauá – SP
Gratuito à população

Programação
A programação diversificada conta com apresentações de companhias de referência no estado de São Paulo, grupos da cidade e atividades formativas.
O projeto é uma parceria entre o SESC São Caetano e a Prefeitura Municipal de Mauá, por meio da Diretoria de Cultura.

Denise Stoklos – Calendário da Pedra
Estreado em 2002, originou-se de um poema de Gertrude Stein chamado Book of Anniversary e mostra - por meio de um aparente diário anual - pensamentos, emoções, ações próprias relativas mais ao interior do personagem que ao tempo cronológico. Aparecem através do desenrolar do tempo questões não qualificadas como mais ou menos importantes. É uma homenagem ao ser, livre em sua gratuidade, mas com legitimidade. Contesta o sistema social em que vivemos, onde os valores dependem sempre de sua utilidade prática ou de rendimentos concretos.
Criação e interpretação: Denise Stoklos.
Duração: 75 minutos.
Não recomendado para menores de 14 anos.
Grátis.
03/12. Quinta, às 20h30. Teatro Municipal de Mauá.

Barracão Teatro – A Julieta e o Romeu
Com interpretações completamente inovadoras, o casal revela a maravilha e a catástrofe de sua relação. Em uma delicada e explosiva relação de amor, ódio, admiração e dependência, estes dois palhaços nos mostram que são inseparáveis.
Duração: 50 minutos.
Não recomendado para menores de 14 anos.
Grátis.
04/12. Sexta, às 21h. Teatro Municipal de Mauá.

Cia Odelê – A casa dos gestos – Um Ratinho e a Lua
O protagonista desta obra é um pequeno ratinho chamado Gualdo, que morre de vontade de conhecer pessoalmente a sua eterna namorada, a Lua. Além de apaixonado, este ratinho é obstinado e arrojado, qualidades estas que o impulsionaram a buscar diversas maneiras de cruzar o espaço para chegar até a sua amada.
Duração: 45 minutos.
Livre para todos os públicos.
Grátis.
04/12. Sexta, às 10h e às 14h. Espaço Cultural Cora Coralina, Mauá.

Cia. São Jorge de Variedades – O Santo Guerreiro e o Heroi Desajustado
Espetáculo carnavalesco que narra a história do incrível encontro entre Dom Quixote de La Mancha e São Jorge Guerreiro. Uma reflexão sobre o sentido do herói nos dias de hoje na grande metrópole.
Duração: 90 minutos.
Livre para todos os públicos.
Grátis
04/12. Sexta, às 12h. Praça 22 de novembro, Mauá.

CPT – Prêt-à-Porter Coletânea 2
Direção: Antunes Filho. É uma proposta de dramaturgia, onde cenas do cotidiano são deslocadas no tempo e levam os espectadores a reflexão.
Duração: 90 minutos.
Não recomendado para menores de 14 anos.
Grátis.
04/12. Sexta, às 17h. Sala Heleny Guariba, Mauá.

Trupe Sinha Zózima – Cordel do Amor sem Fim
Com a ideia de levar a arte para qualquer lugar a Trupe Sinhá Zózima criou o espetáculo Cordel do amor sem fim, que é realizado dentro de um ônibus urbano. O texto narra a história de três personagens sertanejos às margens do Rio São Francisco. Os passageiros - expectadores irão acompanhar os conflitos sobre as diferentes formas de amar e a submissão ao tempo, numa época em que o destino é influenciado pelas forças da natureza.
Duração: 60 minutos.
Não recomendado para menores de 12 anos.
Grátis.
04/12, 05/12. Sexta e Sábado, às 18h e 19h30. Saída do Teatro Municipal de Mauá.

Cia Polichinelo – Frankenstein
Um homem muito curioso resolveu construir um monstro e dar-lhe vida, assim a criatura passou a assustar todos do vilarejo. Mas o que esse monstro de parafusos soltos queria mesmo era ser aceito, ter amigos e família.
Duração: 50 minutos.
Livre para todos os públicos.
Grátis.
05/12. Sábado, às 10h e 14h. Espaço Cultural Cora Coralina, Mauá.

Lume – La Scarpetta
O palhaço Teotônio, uma espécie de artista “pau prá toda a obra”, apresenta o seu Spettacolo Artistico com números de magia, equilibrismo, contorcionismo, música e acrobacia com ovos, provocando e surpreendendo o público.
Duração: 90 minutos.
Não recomendado para menores de 14 anos.
Grátis.
05/12. Sábado, às 21h. Teatro Municipal de Mauá.

PiaFraus – Gigantes de Ar
Espetáculo que aborda cenas inspiradas nas populares apresentações de circo-teatro e nos animais de circo e seus amestradores, em que se reúnem palhaços, trapezistas e bonecos infláveis gigantes, em uma atmosfera de humor e poesia.
Duração: 50 minutos
Livre para todos os públicos
Grátis.
05/12. Sabádo, às 12h. Praça 22 de Novembro, Mauá.

Fraternal Companhia de Arte e Malas-Artes – As Três Graças
Com texto de Luis Alberto de Abreu e direção de Ednaldo Freire, o espetáculo foi construído a partir de depoimentos de mulheres e lança um olhar sobre o universo feminino.
Duração: 115 minutos.
Não recomendado para menores de 14 anos.
Grátis.
06/12. Domingo, às 19h. Teatro Municipal de Mauá.

Espetáculos e Cias. da Região ABCDM.

A Cantora Careca – Nac SESI
A história se passa no interior da Inglaterra e mostra o cotidiano de dois casais, as Smith e os Martim, e da empregada Mary. Entre conversas banais e com pouco sentido até palavras desarticuladas que se limitam a sons e um crescente clima de violência, a peça se desenvolve.
Duração: 70 minutos.
Não recomendado para menores de 10 anos.
Grátis.
04/12. Sexta, às 15h. Museu Barão de Mauá, Mauá.

Dom Casmurro – Cia Literatrupe
Adaptação e Direção: Zhé Gomes. Narrado em primeira pessoa, essa obra de Machado de Assis desperta no leitor diversas dúvidas e a Cia. traz essa intrigante obra ao palco com fidelidade!
Duração: 50 minutos.
Não recomendado para menores de 12 anos.
Grátis.
04/12. Sexta, às 19h. Espaço Cultural Cora Coralina, Mauá.

Estilhaços – Cia Deanthales
Direção de Anderson Cosme. Baseado em texto sobre o existencialismo de Sartre. Narra a chegada de três pessoas em um inferno atípico, deixando de lado a idéia de que “o inferno são os outros”, pois somos frutos de nossas próprias escolhas.
Duração: 70 minutos.
Não recomendado para menores de 16 anos.
Grátis.
05/12. Sábado, às 15h. Museu Barão de Mauá, Mauá

Re-Talhados – Grupo Artemis de Teatro
O espetáculo passeia por várias estórias conhecidas da literatura infanto-juvenil, gerando entretenimento e reflexão sobre a possibilidade de construir novas histórias a cada momento.
Duração: 50 minutos.
Livre para todos os públicos.
Grátis.
05/12. Sábado, às 17h. Sala Heleny Guariba, Mauá.

Ah! Se o Anacleto Soubesse – Grupo Capa
Direção de Paulo Cardoso. É uma comédia do circo-teatro de repertório. Anacleto, um velho excêntrico, chefe de família, torna-se capacho de uma esposa dominadora.
Duração: 65 minutos.
Livre para todos os públicos.
Grátis.
05/12. Sábado, às 19h. Espaço Cultural Teatro do Cora Coralina, Mauá.

Brincando com o Lobo Mau – Cia Teatral Téuga
Direção de Gilberto Lima. Inspirado no conto dos Irmãos Grimm, com uma proposta moderna, o espetáculo mostra um Lobo bem diferente, buscando reflexão sobre temas como ética, diversidade e socialização, mostrando às crianças que com amor tudo se transforma. Com Cia Teatral TÉUGA.
Duração: 60 minutos.
Livre para todos os públicos.
Grátis.
06/12. Domingo, às 10h. Espaço Cultural Cora Coralina, Mauá.

Segredo da Lua – Cia Quartum Crescente
Contos de fadas contemporâneo. Direção Ronaldo Moraes. Conta à história de uma Rainha que ao perder seu marido o Rei sem ter lhe dado um filho transformam o sol com a ajuda das bruxas em um diamante em que todo o reino é obrigado a viver na escuridão onde só o brilho da lua reinará. Duração: 60 minutos.
Livre para todos os públicos.
Grátis.
06/12. Domingo, às 14h. Espaço Cultural Cora Coralina, Mauá.

O Boca do Inferno – Cia Obscenos de Teatro
Uma Trupe Mambembe acerca-se de uma cidade do interior, onde pretende apresentar-se com a peça O Boca do Inferno, aliás, é o nome da trupe que a ensaia e a seguir preparam-se para descansar quando aparece um fugitivo, identificando-se como vereador e desafeto do Prefeito da cidade é acolhido pelos artistas que aceitam a incumbência de denunciar veladamente, na peça, os desmandos do Prefeito.
Duração: 50minutos.
Livre para todos os públicos.
Grátis.
06/12. Domingo, às 15h. Museu Barão de Mauá, Mauá.

Tristão e Isolda – Raio X Cultural e Cia Obscenos de Teatro
A peça conta a estória do amor impossível entre Tristão e Isolda, a bela dos Cabelos de Ouro.
Duração: 60 minutos.
Livre para todos os públicos.
Grátis.
06/12. Domingo, às 17h. Sala Heleny Guariba, Mauá.

Informações:
Jardel Teixeira
(11) 9382-2271
(11) 3909-7822
jardel.teixeira@uol.com.br
e
Bruna Serra
(11) 4512-7527
(11) 7494-6794
imprensa@maua.sp.gov.brEncontro de Teatro 2009

Um comentário: