segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Viagem de Volta






sexta pela manhã demos uma geral no material que fomos registrando desde Bento até a noite de quarta na Costa da Lagoa. Rodrigo gravou e me deu de presente o disco do Grupo folclórico catarinense Alevanta Boi - Boi de Mamão. Saímos de casa as 11 horas para deixar Isabela na Escola. Adília deixeo o carro estacionado no seu trabalho e fomos até a rodoviária comprar passagens. Dali nos dirigimos ao restaurante natural Vila Nova. Depois do almoço fomos visitar o Museu Cruz e Souza, um magnífico casarão do século XIX que já foi sede do Governo de Santa Catarina. Ainda pudemos ouvir a Banda do Frankilino, numa homenagem ao centenário mais 1 de Franklin Cascaes, um famoso artista e pesquisador de Cultura Popular da Ilha de Florianópolis. Deixei a ilha exatamente as 14 horas num Golden Bus da Itapemirim.
Até Curitiba aviagem ainda se deu durante a tarde.

Desde 2006 não trafegava pela Regis Bittencourt, no trecho Curitiba São Paulo. Quando passamos em Registro, que fica no meio do caminho, me veio a memória o poema EntriDentes, escrito ali em 1990, durante o Seminário: Cultura & Resistência, inspirado por uma Piracicabense de nome Mariana.

queimando em Mr de Fgo me registro
lá no fundo do teu íntimo
bem no branco do meu nervo
brota uma onda de sal e líquido
procurando a porta do teu cais

teu nome já estava cravado nos meus dentes
desde quando Sísifo olhava no espelho
primeiro como Mar de Fogo
registgro vivo das primeiras eras
segundo como For de Lótus
cravado na pele da flor primavera
log depois gravidez e parto
permitindo o Logus quando o amor quisera.

Daí em diante dormi praticamente a viagem inteira até chegar no Rio, as 7 e 25 da manhã.

Um comentário: