terça-feira, 14 de julho de 2009




MORAES MOREIRA.
A HISTÓRIA DOS NOVOS
BAIANOS E OUTROS VERSOS”.


“Não, não é uma estrada é uma viagem”. São 40 anos de bons serviços prestados à cultura popular brasileira! Entre Novos Baianos e Carreira Solo, são quarenta discos e quase 500 músicas gravadas por ele e por grandes nomes da nossa MPB. Foi considerado pelos pioneiros Dodô e Osmar, como o responsável pela implantação da voz em cima do Trio Elétrico, o que ocasionou o surgimento de astros e estrelas formados a partir daquela escola. Em dezembro de 2007, em parceria com a Editora Língua Geral, lançou o livro “A HISTÓRIA DOS NOVOS BAIANOS E OUTROS VERSOS. Utilizando a literatura de Cordel e a poesia, passou a limpo esta rica trajetória, proporcionando às novas gerações principalmente, o conhecimento da história de uma banda que revolucionou o som dos anos setenta, além de incluir também, letras e comentários sobre sua atuação fora do grupo. A boa receptividade por parte da crítica e do público em geral, fortaleceu ainda mais a idéia de transformar todo esse material em DVD (21 Faixas) e Cd (14 faixas), editados agora pela gravadora Biscoito Fino. A gravação aconteceu no mês de junho de 2008 e o local escolhido foi a Feira de São Cristovão, ponto de resistência e divulgação da Cultura Nordestina. Ali, Moraes se sentiu em casa, apoiada pela maciça presença de um público fiel e entusiasmado, além de uma produção esmerada com cenário ,iluminação e sonorização de primeira, contando ainda com a direção geral de ninguém menos que João Falcão, profissional consagrado por seus trabalhos no teatro e no cinema. Moraes sempre teve muito cuidado para que esse evento não tivesse um tom de volta, de revival. A verdadeira intenção sempre foi dar a sua versão para aquela intensa convivência que experimentou com seus manos dos novos Baianos. Escolheu como parceiro para essa empreitada, o seu filho Davi Moraes, que nasceu e viveu; os primeiros anos da sua vida, na comunidade dos Novos Baianos. Davi costumava ficar mais tranqüilo, quando era colocado em seu carrinho, perto do som, perto daquela “pauleira” que rolava. Com certeza absorveu toda aquela energia, toda aquela alegria de tocar. Pepeu Gomes foi se tornando cada vez mais seu ídolo e mestre. De maneira precoce Davi revelou seu talento e começou a colocar em prática, todas essas influências. As presenças de Moraes e Davi no palco, se tornaram a representação viva de duas gerações de uma verdadeira família musical. O show foi dividido em duas partes: Na primeira, Moraes canta e conta de forma poética e musical a trajetória do grupo. Passeia por canções como “Ferro na Boneca” e “Colégio de Aplicação”, do primeiro disco, Dê um Rolê , que também foi gravada por Gal Costa, na época, “A Menina Dança”,“Acabou Chorare”, “Mistério do Planeta”, “Brasil Pandeiro” e o hino da geração paz amor, “Preta Pretinha”, Todas elas interpretadas com a autoridade de quem compôs com seu parceiro Galvão, praticamente cem por cento daquele repertório. Na segunda parte, Moreira abre de vez o seu baú, o seu bazar brasileiro de canções, demonstrando intimidade com as mais variadas formas e estilos da nossa música. Sucessos como “Meninas do Brasil”, “Lá vem o Brasil Descendo a Ladeira”, “Sintonia”, “Forró do ABC” , “Eu Também Quero Beijar”, além de homenagens a Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro, prenunciam o momento mais empolgante do show. Duas inéditas, “Spok Frevo Spok” e “Oi”, fazem a ponte, e aí chega o carnaval. Forma-se o “Bloco do Prazer”. Nas asas de um “Pombo Correio” embarcam palco e platéia numa verdadeira “Festa do Interior”, festa da alma e do coração.Uma Banda formada por multi-instrumentistas, garantem com competência e brilho, um vigoroso lastro instrumental, que embala e empolga.Como diz o próprio Moraes:“Esse registro, é uma prestação de contas de tudo que fiz, como Cantor, Compositor, Instrumentista, Poeta e cidadão, durante essa caminhada”.
TEATRO SESI CLUBE DE CAMPOS
Dia: 16 de Julho (quinta-feira)
Horário: 20 horas
Capacidade Limitada: 200 espectadores
Ingressos: R$ 15,00 (inteira)
R$ 7,50 (meia – sócios do SESI Clube, estudantes e idoso).

NOSSO SAMBA ESTÁ DE VOLTA

Agora vamos nos encontrar todas as quintas na quadra do PSICODÉLICOS!!! A roda de samba com Lene Moraes e Bando com início às 21h nesta quinta-feira, vai receber o Clube do Vinil; com participação especial da Aucilene no comando até a chegada do Wellinton Cordeiro. Vamos sambar na quadra de uma escola de samba!!

"SAMBA, AGONIZA MAIS NÃO MORRE!!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário