sexta-feira, 26 de junho de 2009







Virada Cultural Solidária


Dia 12 julho domingo das 15:00h
Até a madrugada do dia 13 de julho

Dia 13 julho horário a definir
Dia Internacional do Rock
Local: Shoopping Estrada
Uma homenagem Ao Avyador do Rock Luizz Ribeiro
http://www.youtube.com/watch?v=SG1cG5HvyTM&feature=channel_page
Blog IN Rock, Blues, MPB, Reggae,
Teatro, Poesia & Baratos Afins

já confirmada as participações de:

Lolô, Cris Dalana, França, Álvaro Manhães, Ângelo Nani, Bia Reis, Nelsinho Meméia(Blues Band Vidro), Reubes Pess Band, Evolução das Espécie, Adriana Medeiros, Grupo de teatro Nós na Rua(São João da Barra, Lene Moraes, Renato Arpoador, Leo Navarro, Dalton Freire, Artur Gomes e Fernando Guru.

Na produção: Romualdo Braga, Wellington Cordeiro, Gustavo Rangel, Nick Ferreira, Leo Navarro, Nelsinho Meméia, Alexandro Florentino e Artur Gomes

Fulinaimagem
o que trago embaixo as solas dos sapatos
é fato
bagana acesa sobra do cigarro
é sarro
dentro do carro ainda ouço Jimmi Hendrix
quando quero
dancei bolero
sampleAndo rock and roll
pra colher lírios há que se por o pé na lama
a seda pura é foto síntese do papel
tem flor de lótus nos bordéis Copacabana
procuro um mix da guitarra de Santanna
com os espinhos da Rosa de Noel

Artur Gomes
Nação Goytacá
http://goytacity.blogspot.com/
fulinaíma vídeo poesia
Aidan diz que vereadores são desocupados

Por: Júlio Gardesani julio@abcdmaior.com.br

Declarações causaram mal-estar durante sessão

Em resposta oficial ao requerimento de informações do vereador Jairo Bafile, o Jairinho (PT), solicitando explicações sobre os convênios firmados pela Prefeitura de Santo André com ONGs, o prefeito Aidan Ravin (PTB) se negou a prestar esclarecimentos afirmando que os questionamentos seriam ações de “desocupados”. O documento causou mal-estar entre os vereadores durante a sessão desta quinta-feira (25/06).
Além dos “desocupados”, a Prefeitura, ainda de acordo com o documento, não poderia dar explicações sobre os convênios a “adversários políticos”, que pretendem apenas “atormentar inutilmente aqueles que (Administração) estão encarregados de cuidar de coisas mais importantes”.
Jairinho, que considerou as declarações um “desrespeito” com os vereadores, levou o documento ao Ministério Público, cobrando na Justiça que Aidan preste as explicações sobre os convênios.
“Os contratos geram dúvidas em todos os vereadores. Alguns contratos nem foram divulgados nos Atos Oficiais. Essa é a ditadura do Aidan, que desrespeitou todos os parlamentares e a população com esta resposta agressiva”, afirma Jairinho.
Até mesmo os vereadores da situação consideraram os ataques desnecessários. “Se ele chama os vereadores de desocupados ele também é. Todos, assim como o prefeito, estão aqui para o bem da cidade. Desocupado é o Aidan”, rebateu Evilásio Santana, o Bahia (DEM).
A resposta pode comprometer a “aproximação” e a trégua na troca de farpas entre a bancada do PT e o prefeito Aidan. “Pelo jeito, não tem como resolver este problema. A Administração tem um ranço com o PT que é irrecuperável. O ataque parte do próprio governo”, garantiu o presidente municipal do PT e vereador Tiago Nogueira.
A prefeitura se defendeu dizendo que a solicitação do vereador foi “infundada”, pois seria necessário parar os trabalhos do Executivo para responder ao requerimento.
“Ele deveria ter especificado de qual contrato queria as informações. Para responder tudo teríamos que parar vários setores. Não houve intenção de ofender, mas sim, sermos didáticos. Ninguém é desocupado, mas o PT é um adversário político. Não acredito que as relações possam piorar depois deste fato”, se explicou o secretário de Gabinete, Walter Torrado, o Beto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário