terça-feira, 2 de junho de 2009




A top model israelense Bar Refaeli, 23, aparece com um conto do escritor Stephen King escrito no corpo na capa revista masculina "Esquire". Namorada do ator Leonardo DiCaprio, a modelo foi escolhida como a garota da capa da "Sports Illustrated" deste ano em sua edição especial de roupas de banho, e é considerada uma das tops mais bem pagas da indústria da moda. Mais
CAIXA LANÇA TRÊS EDITAIS NA
ÁREA DE CULTURA PARA 2010
Instituição inova e oferece manual eletrônico para o produtor cultural

No Rio de Janeiro, evento terá a participação do artista Rodrigo Azeredo, em Arte na Areia.
Dia 04 de junho, às 20h, CAIXA Cultural RJ

A Caixa Econômica Federal anuncia na próxima quinta-feira, dia 04 de junho, o conteúdo de três editais para 2010: o de Ocupação dos Espaços Culturais da CAIXA, o de Apoio ao Artesanato Brasileiro e o de Festivais de Teatro e Dança, num total de R$ 27,5 milhões em investimento cultural. A novidade este ano é que as cinco unidades da CAIXA Cultural, situadas em Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Salvador, participarão da solenidade de lançamento, marcada para as 20 horas, conectadas via satélite.

Na ocasião, será lançado também o novo Manual do Produtor, em formato totalmente digital e único até hoje lançado por um centro cultural no país. No Rio de Janeiro, a cerimônia terá a participação do premiado artista Rodrigo de Azeredo, em ARTE na AREIA.

O Edital 2010 de Ocupação dos Espaços Culturais da CAIXA vai destinar R$ 23 milhões para projetos nas áreas de artes visuais (fotografia, escultura, pintura, gravura, desenho, instalação, objeto, vídeoinstalação, intervenção e novas tecnologias ou performances); artes cênicas (teatro, dança e performance de palco); música; cinema e outros. Além das modalidades espetáculos, exposições, exibições, estão contempladas ainda palestras, encontros, cursos, workshops, oficinas e lançamento de livros.

Já o Programa CAIXA de Apoio ao Artesanato Brasileiro contemplará as várias etapas do processo produtivo, visando ao desenvolvimento de comunidades artesãs e à valorização do artesanato tradicional e da cultura brasileira. Em 2010, a CAIXA planeja investir no programa cerca de R$ 1 milhão.

Por fim, o Edital de Festivais de Teatro e Dança vai destinar R$ 3,5 milhões para eventos que deverão ocorrer entre janeiro e dezembro de 2010 em todo país.

Lançamento sincronizado e integrado

No dia 04 de junho, as unidades da CAIXA Cultural vão viver uma noite diferente. Integrados via satélite, Brasília, São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Salvador realizarão uma única solenidade de lançamento dos três editais e do novo Manual do Produtor. Será uma única festa ocorrendo em cinco lugares distintos. Além do telão que fará a transmissão ao vivo do evento, o grupo Choro Positivo ajudará a interligar as festas. Um integrante do grupo estará localizado em uma cidade. Graças ao sinal do satélite, executarão juntos, mesmo estando em estados diferentes.

Além do Choro Positivo, igual para todas, cada praça receberá uma atração cultural diferente. Em Brasília, a noite será do balé acrobático do grupo Nós no Bambu. Em São Paulo, Loro Verz realizará Grafite em Tela. Já no Rio de Janeiro, Rodrigo de Azeredo encantará a platéia com sua Arte na Areia. Em Curitiba a Companhia Karagozwk apresentará seu Teatro de Sombras. E em Salvador, a Cia de Teatro de Bonecos Pigmaleão encenará o espetáculo "Seu Geraldo, Voz e Viola".

O artista Rodrigo de Azeredo iniciou sua carreira muito cedo, aprendendo a desenhar mesmo antes de aprender a escrever. Aos 14 anos, foi morar na Argentina onde suas esculturas e desenhos receberam prêmios nas olimpíadas colegiais de Buenos Aires. Retornando ao Brasil em 2000, se dedicou aos desenhos, fazendo sua primeira exposição em 2004, na Casa de Cultura Mario Quintana, em Porto Alegre. A partir daí, passou a se dedicar a uma nova arte, que mistura areia, luz e som: a Arte na Areia, ou "Sand Art", uma técnica inovadora e uma experiência audiovisual mágica.

A solenidade poderá ser acompanhada em tempo real pelo site http://www.eventomultimidiacaixa.com.br/.

Manual do produtor
A Caixa Econômica Federal lança, também no dia 04 de junho, o novo Manual do Produtor. Em versão totalmente digital, o guia eletrônico é uma inovação em atendimento às demandas da classe artística brasileira. Nenhum centro cultural do país possui uma versão tão moderna, explicativa, ilustrativa e, ao mesmo tempo, simples e acessível de um Manual do Produtor.

O guia eletrônico estará hospedado no site da CAIXA Cultural e poderá ser visualizado tanto na versão flash, quanto na versão mais simples em HTML. Pelo novo Manual do Produtor, os interessados poderão passear virtualmente pelos espaços das cinco unidades da CAIXA Cultural, baixar plantas atualizadas e ter uma boa noção das unidades antes de inscrever seus projetos.

Galerias, teatros, fachadas, halls, tudo foi registrado em filmagens e mais de oito mil fotografias.
Esta iniciativa pioneira de um espaço cultural tem como objetivo democratizar o acesso dos espaços da CAIXA Cultural a todos os produtores do país interessados em inscrever um projeto.

Serviço
Lançamento dos editais de Ocupação dos Espaços Culturais da CAIXA, de Apoio ao Artesanato Brasileiro e de Festivais de Teatro e Dança e do Manual do Produtor e apresentação do artista Rodrigo de Azeredo, em Arte na Areia, e do grupo Choro Positivo
Data: 04 de junho de 2009
Horário: 20h
Local: CAIXA Cultural RJEndereço: AV. Almirante Barroso, 25, Centro. Rio de Janeiro/RJ
Telefones: 21 2544 4080 Assessoria de Imprensa
Caixa Econômica Federal
CAIXA Cultural - Brasília/DF
Telefones: 21 78921433/82150900/96174772

ONU anuncia lançamento de universidade gratuita e online

A ONU está trabalhando para disseminar os benefícios da Tecnologia da Informação pelo mundo.
A Aliança Global das Nações Unidas para Informação, Tecnologia da Comunicação e Desenvolvimento (GAID) acaba de anunciar o lançamento da Universidade do Povo, instituição sem fins lucrativos que vai oferecer educação online e gratuita.

De acordo com a agência, seu foco em 2009 são as metas para educação e como a Tecnologia da Informação pode ajudar o mundo a alcançá-las. O fundador da Universidade do Povo, Shai Reshef, lembrou que para milhares de pessoas em todo o planeta a educação superior não passa de um sonho. Eles são tolhidos por problemas financeiros, pela falta de instituições do gênero onde vivem — ou simplesmente não podem abandonar suas casas para freqüentar uma universidade, por motivos pessoais.

Reshef destacou que a Universidade abriu o caminho para essas pessoas continuarem seus estudos de casa. A instituição tem um custo mínimo, já que usa tecnologia de código aberto, materiais escolares compartilhados com poucas restrições de direito autoral, métodos de aprendizado pela internet e métodos de aula “p2p” (do inglês, peer-to-peer), ou seja, focados no compartilhamento. O processo de admissão foi aberto sem nenhuma divulgação há apenas duas semanas e, mesmo assim, 200 estudantes de 52 países já se candidataram.

Os estudantes serão alocados em classes de até vinte alunos. Depois disso, eles podem acessar aulas semanais, discutir os assuntos com seus colegas e fazer provas — tudo online. Há ainda professors voluntários, estudantes comuns e de pós-graduação que podem oferecer ajuda. O estudante só paga uma taxa de admissão — que vai de 15 a 50 dólares, dependendo de seu país de origem — e outra, que vai de dez a cem dólares, por cada prova. Para que a Universidade funcione, é preciso 15 mil alunos e seis milhões de dólares. Reshef já doou um milhão do próprio dinheiro.

Universidade do Povo: http://www.uopeople.org/

Mordida

esta noite em algum beco sem saída
alguém está mordendo a faca
e o dente dessa mordida
a minha língua devassa
lambendo cerveja na lata
e tua bunda na mata
ao som de samplers rock and roll
minha coleção de amores
das areias de ipanema
a atrix pornô do cinema
que jorge mautner não cantou
e rodrigo bittencourt agora canta
metáfora na carne sintética
a soja do hot dog a língua do teu amor
na sinfônica mordida elétrica
canções que a dor não calou
nas flores do mal me quer
em algum destino traçado
pedras pérolas palavras leminski rimbaud
jorge amado ou mesmo ou mesmo íris retina
nos nervos de adélia prado nos pulsos de baudelaire

Artur Gomes
http://carnavalhagumes.blogspot.com/

PROYECTO CULTURAL SUR/BRASIL
LANÇA PROJETO DAS ANTOLOGIAS OFICIAIS
DO XVII CONGRESSO BRASILEIRO DE POESIA

Dentre todos os projetos desenvolvidos durante o CONGRESSO BRASILEIRO DE POESIA, o que mais vem repercutindo junto à comunidade escolar de Bento Gonçalves é o POESIA NA ESCOLA, que consiste na publicação da Coleção “POESIA DO BRASIL”, antologia que terá neste ano de 2009 publicados os volumes 9 e 10. Também terá continuidade o projeto “POETA, MOSTRA A TUA CARA”, com a publicação do volume 6. No ano passado, foram distribuídos nas escolas 400 exemplares do volume 5 (244 páginas, 78 poetas participantes e 3.500 exemplares de tiragem).

No ano de 2008, foram entregues para a Biblioteca Castro Alves distribuir às escolas do município 1.200 exemplares dos volumes 7 (412 páginas, 67 poetas participantes e tiragem de 5.500 exemplares) e 8 (520 páginas, 85 poetas participantes e tiragem de 5.500 exemplares). A previsão dos organizadores do XVII CONGRESSO BRASILEIRO DE POESIA é neste ano distribuir 2.000 exemplares.

A exemplo do ocorrido no ano passado, as antologias serão publicadas com antecedência, para que cheguem às escolas no máximo no início do mês de agosto, possibilitando assim que os alunos possam conhecer um pouco do trabalho dos poetas que vão estar no evento em outubro. Os lançamentos das antologias acontecerão nas noites dos dias 6 e 7 de outubro, dentro da programação oficial do evento, que acontecerá de 5 a 10.

Interessados em conhecer ou participar do projeto podem solicitar informações com os coordenadores dos volumes:
Ademir Antonio Bacca: adebach@gmail.com
Cláudia Gonçalves: cmailto:cacaugoncalves@gmail.com

POETAS QUE JÁ CONFIRMARAM SUA PARTICIPAÇÃO
NA ANTOLOGIA“POESIA DO BRASIL - Volume 9”

Ademir Antonio Bacca • Alexandre Brito • Ana Mari Tedeschi • Andréa Motta • Artur Gomes • Brenda Marques • Cláudia Gonçalves • Dalmo Saraiva • Daniel Zanella • Deise Perin • Ednilson de Paulo • Eliane Justi • Flacast • Haidê Vieira Pigatto • Helmar Fernandes • Hugo Pontes • Jacqueline Bulos Aisenman • Jiddu Saldanha • Juliana Meira • Karla Júlia • Karla Leopoldino • Laura Esteves • Lourdes Sarmento • Luiz E. Caminha • Luiz Eduardo Gunther • Mamed Zaiuth • Oscar Bertholdo (in memoriam) • Renato Gusmão • Ronaldo Werneck • Rubens Venâncio • Sandra Santos • Silvio Ribeiro de Castro • Suely de Freitas Martí • Telma da Costa • Túlio Henrique Pereira • Walnélia Pederneiras • Wanda Monteiro •

resoluções de ano novo

colorir o poema
com a tua imagem
entrar no túnel do tempo
em busca do que ficou
para trás

rever o cálculo do sonho
e navegar nas águas
de todas as paixões

ter a pressa do relógio
que bate descompassado
dentro de mim
toda vez que te vê

buscar atalhos
entre o arame e o trapézio
e equilibrar a emoção

mapear a nudez do teu corpo
para gravar na memória
as raízes de tanto querer

insistir na busca das palavras
com a certeza de saber
que cabem todos os poemas
dentro de mim

© Ademir Antonio Bacca
do livro: “Grito por dentro das palavras"

Rinaldo no Prêmio São Paulo

Rinaldo de Fernandes, escritor e professor de literatura da UFPB, com o romance “Rita no Pomar” (Ed. 7Letras/RJ), é um dos finalistas do Prêmio São Paulo de Literatura 2009, o principal prêmio literário do país. Ele concorre na categoria Melhor Livro do Ano – Autor Estreante de 2008. Os finalistas do Prêmio, que teve 217 romances inscritos este ano, foram divulgados sábado, dia 30/05, no 2º Festival da Mantiqueira, que ocorre em São Francisco Xavier, interior de São Paulo.

O Prêmio São Paulo de Literatura, de 200 mil reais para cada uma de suas duas categorias, é promovido pela Secretaria de Cultura do Estado de São Paulo e terá seu resultado anunciado no dia 3 de agosto, em evento no Museu da Língua Portuguesa. Rinaldo afirmou em seu blog: “Confesso que, em estar entre os finalistas deste que é o maior prêmio literário do país, já me é uma grande honra. Digo melhor: já me sinto um premiado. Agora, vamos em frente, e que vença o melhor!”.

O Prêmio São Paulo de Literatura, além de ser o que melhor paga no país, é também o mais difícil, por ter em seu corpo de jurados, e isto só em sua fase inicial, nada menos do que 10 membros (os demais prêmios têm em média 3 a 5 membros). Os finalistas de 2009 foram escolhidos por um júri formado pelos professores Ivan Marques e Marcos Moraes, os escritores Menalton Braff e Fernando Paixão, os livreiros Paula Fabrio e José Carlos Honório, os críticos literários Marcelo Pen e Josélia Aguiar e os leitores Márcia de Grandi e Mario Vitor Santos. Um segundo grupo de jurados fará a avaliação final.

O cenário paradisíaco onde se passa boa parte do romance de Rinaldo de Fernandes é a fictícia praia do Pomar, no litoral sul da Paraíba. O enredo se passa ainda em São Paulo. No romance aparece um litoral paraibano cobiçado pela indústria turística, uma região onde se constrói um imenso resort. Este, porém, é apenas um aspecto do livro. O mais importante dele, conforme indica no posfácio o crítico Silviano Santiago, além da forma bem elaborada com que a história é narrada – com fragmentação, enredo não-linear e muita força na oralidade –, é a personagem Rita. Pelo que sugere Silviano, trata-se de uma das personagens mais ricas da literatura brasileira atual (“pelo direito do gênero, é prima de Macabéa”).

Silviano diz ainda que o romance de Rinaldo é “representativo da literatura atual”. Veja a lista completa dos livros que concorrem, em suas duas categorias, ao Prêmio São Paulo de Literatura de 2009:

1) Melhor Livro do Ano (de 2008): Carola Saavedra, "Flores azuis"; João Gilberto Noll, "Acenos e Afagos"; José Saramago, "A Viagem do Elefante"; Lívia Garcia-Roza, "Milamor"; Maria Esther Maciel, "O Livro dos Nomes"; Milton Hatoum, "Órfãos do Eldorado"; Moacyr Scliar, "Manual da Paixão Solitária"; Ronaldo Correia de Brito, "Galiléia"; Silviano Santiago, "Heranças"; Walther Moreira Santos, "O Ciclista";

2) Melhor Livro do Ano – Autor Estreante (de 2008): Altair Martins, "A Parede no Escuro"; Contardo Calligaris, "O Conto do Amor"; Estevão Azevedo, "Nunca o Nome do Menino"; Francisco Azevedo, "O Arroz De Palma"; Javier Arancibia Contreras, "Imóbile"; Marcus Vinicius de Freitas, "Peixe Morto"; Maria Cecília Gomes dos Reis, "O Mundo Segundo Laura Ni"; Rinaldo de Fernandes, "Rita no Pomar"; Sérgio Guimarães, "Zé, Mizé, Camarada André"; Vanessa Barbara e Emilio Fraia, "O Verão do Chibo".

ECAD Direitos para quem?
Fernando Schweitzer, de Buenos Aires

O STJ obriga a Band a pagar R$ 70 milhões ao Ecad, segundo a coluna "Outro Canal", da Folha Online. Notícia que me deixa de cabelo em pé, pois me faz lembrar quando fazia teatro sem patrocínio no Brasil e a Ecad nos "pedia" 50% da bilheteria para usar músicas nas trilhas sonoras de um espetáculo. Não sei ao certo se este dinheiro vai para os autores, já que estes vivem reclamando que não recebem direitos autorais há anos.

Penso, na minha ingênua e simples linha de raciocínio de um ser esmo das decisões de fanfarronas instituições, que em um mundo onde se baixa música na internet em segundos de graça e os próprios cantores põem suas músicas em seus portais sem custo, visando a divulgar e aumentar o êxito dos temas bem como o número de shows (cada vez com ingressos mais caros no país), são hipócritas e abusivas certas cobranças feitas pela tal instituição nomeada acima.

O ministro Sidnei Beneti, do STJ (Superior Tribunal da Justiça), negou o recurso da Band contra a decisão do Tribunal de Justiça de São Paulo, que a condenou a pagar 2,5% de seu faturamento ao Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição), a título de direito autoral por obras musicais.

Casos e casos

Se a Ecad é um transtorno aos meios massivos e de grande poder midiático e financeiro, me encantaria falar dos pequenos negócios que ou pagam montantes absurdos mensais, quase uma propina, para não receberem as visitas surpresas dos delegados. Estes que muitas vezes embargam espetáculos, shows, danceterias do circuito independente que sofrem para não falir e ainda têm de sustentar sabe lá Deus quem com esse "imposto" artístico.

Caso você pretenda um dia na vida ter uma lanchonete que seja, fique sabendo que se colocar som ambiente poderá ser cobrado pela querida Ecad. Este, dentre outros absurdos, só pode mesmo acontecer graças ao nível brutal em que avança o imperialismo selvagem. É como no caso dos AZTs para combate do vírus HIV, que, devido aos tais direitos de patente, quiseram proibir que o Brasil produzisse para seu consumo interno e distribuição gratuita via SUS num coquetel genérico.

Segundo a coluna "Outro Canal", assinada por Daniel Castro na Folha de terça-feira (26/5), a emissora irá recorrer outra vez mas, segundo o Ecad, suas chances são mínimas. O órgão afirma que a Band não paga direitos autorais desde 1999 e acumula uma dívida de R$ 70 milhões. Hoje emissoras de TV de todo o país travam guerra judicial contra o Ecad desde 1999, quando o órgão passou a cobrar 2,5% sobre suas receitas.

Mas acho até "pouco" o que estão cobrando diante do que cobram de casas noturnas, eventos culturais e afins. No caso de boates, é pior, pois muitos sucessos surgem das pistas para depois ganhar a mídia. Então, a ingrata senhora Ecad, com um poder quase que de polícia, fecha casas, embarga espetáculos...

Mar da incultura

Na verdade, que se cobrem direitos autorais e obviamente se encaminhem aos seus progenitores, é plenamente justo. Sou compositor e me sentiria muito mal ao ver uma obra minha sendo explorado por qualquer um. Há que se ter um controle, só não acredito que esse hoje praticado no Brasil seja o ideal. Somente colocaria outros critérios como, por exemplo: espetáculo e shows sem patrocínio deveriam ter uma cota menor que os mega-espetáculos das máfias das Fundações Culturais e secretarias municipais, estaduais e Ministério da Cultura, que têm critérios obscuros e muito raros para a compreensão de meros mortais quanto à eleição e contemplação de suas verbas e apoios culturais.

Com um patrocínio de milhões, qualquer um cede percentagens de sua renda à Ecad, mesmo que contra a vontade, e ainda assim podendo pagar um advogado para recorrer na justiça. Enquanto isso, a maioria dos reles trabalhadores de arte no país minguam a ermo no mar da incultura sufragada da República das Bananas.

Chile confirma primeira morte
por gripe suína na América do Sul

O ministro da Saúde do Chile, Alvaro Erazo, anunciou, nesta terça-feira, o primeiro caso de morte provocada pela gripe suína no país e, consequentemente, na América do Sul, informou o jornal La Tercera, em sua edição online. Erazo afirmou que o chileno Fernando Vera Maldonado, de 37 anos, morreu vítima da influenza A (H1N1) após ter sido internado em um hospital da localidade de Puerto Montt, a cerca de mil quilômetros de Santiago.

"Foi o primeiro caso de morte pela gripe suína no nosso país", afirmou o ministro. De acordo com o Instituto de Saúde Pública, ligado ao Ministério da Saúde, Maldonado morreu na segunda-feira, mas somente nesta terça-feira o caso foi divulgado. De acordo com as autoridades chilenas, a causa da morte foi insuficiência respiratória e insuficiência renal.

Internação
O ministro afirmou que Maldonado apresentou, há duas semanas, sintomas de um resfriado e se recuperou em casa. No último sábado, no entanto, a vítima voltou a ter febre alta e foi atendida na emergência de um hospital de Puerto Montt. "Foram realizados vários exames e foi tomada a decisão de colocá-lo em uma área de isolamento. Mais tarde, ele foi transferido para uma UTI, passou a respirar com a ajuda de aparelhos e faleceu na madrugada de segunda-feira", afirmou o ministro.

Segundo Erazo, foram adotadas as "medidas adequadas", mas o paciente não resistiu. A mulher da vítima, Sandra Parede, reclamou da "demora no atendimento" ao marido no hospital de base de Puerto Montt, para onde ele foi no final de semana. De acordo com dados oficiais, o Chile registrou 360 casos da gripe suína até o momento. A presidente chilena, Michelle Bachelet, marcou uma reunião extraordinária com especialistas do Ministério da Saúde, para esta quarta-feira, e determinou que uma equipe viaje à Puerto Montt para estudar a ocorrência do vírus na cidade.

Alerta
A morte do chileno ocorreu no mesmo dia em que o diretor geral adjunto da Organização Mundial de Saúde (OMS), Keiji Fukuda, afirmou que os novos casos registrados na Grã-Bretanha, Espanha, Japão, Austrália e no Chile poderiam levar o organismo a aumentar o nível de alerta global sobre a doença. "Estamos na fase cinco, mas poderíamos estar nos aproximando da fase seis. (...) Existe uma quantidade de países que parecem em transição, com casos ligados a viagens e a um tipo de propagação estabelecido nas comunidades", afirmou Fukuda.

Brasil
O Ministério da Saúde do Brasil confirmou, nesta terça-feira, mais dois casos de influenza A (H1N1) no país. De acordo com um comunicado divulgado pelo ministério, os dois novos casos foram registrados no Estado do Rio de Janeiro e os pacientes, "que não têm relação entre si", teriam voltado de viagem aos Estados Unidos. Até o momento, foram confirmados 23 casos de gripe suína no país. Desses, de acordo com o Ministério da Saúde, sete são de transmissão autóctone (dentro do território brasileiro). Mesmo assim, segundo o ministério, "não há evidência de sustentabilidade da transmissão de pessoa a pessoa" no país. Outros 25 casos suspeitos estão sendo analisados pelas autoridades brasileiras.

2 comentários:

  1. Olá, vez por outra eu tb sou uma blogueira desocupada.

    beijos

    ResponderExcluir
  2. Sabe qu só hoje achei vc perdidinho no meio de meus seguidores...rs

    Vim conhecer, é claro...

    E que surpresa! Eu te conheço, pelo menos de foto... Ví uma foto sua no encontro que teves esses dias em campos... N~]ao me pergunte onde, pois não me lembro... Mas de v me lembro direitinho... Tem um blogueiro mais baixo perto de vc... a tal foto...rs

    Bem mais isso agora não importa... Achei estranho demais...rs

    Dei umas voltas por aí, conhecendo seu blog...
    Intrigante irreverente e de uma poesia encantadora... Impactante assim como o dono...rs


    Acho que agora não te perco, pois passei a seguir teus passos tb...rs


    Beijos avassaladores!

    ResponderExcluir