quinta-feira, 7 de maio de 2009



foto:
césar
ferreira
sec. de cultura
Seu Jorge Foi Morar Com As Estrelas

Faleceu na manhã de hoje (07), aos 93 anos, o compositor, carnavalesco, sambista e escritor Jorge da Paz Almeida, cuja Passarela do Samba do Carnaval 2009 de Campos foi batizada em seu nome. Jorge foi vítima de uma isquemia cerebral na última segunda-feira (04) e estava internado no Hospital Geral Dr. Beda.O presidente da Fundação Cultural Jornalista Oswaldo Lima (FCJOL), Avelino Ferreira, ofereceu o Palácio da Cultura para velar o corpo, mas está sendo velado no hall de entrada do Teatro Municipal Trianon. A direção do Liceu de Humanidade de Campos também ofereceu o saguão da escola para o velório, onde há anos o compositor foi chefe de disciplina. O sepultamento está marcado para acontecer a partir das 16h no Cemitério do Caju.Jorge da Paz Almeida foi um dos fundadores da Escola de Samba Mocidade Louca. Como o sambista foi internado na segunda-feira e a apuração aconteceu um dia depois, ele não ficou sabendo que a escola foi consagrada campeã do Carnaval 2009. A escola foi a penúltima a desfilar no sábado de carnaval fora de época e Jorge ficou até a passagem das últimas alas, indo embora logo em seguida.

Jorge deixa quatro filhos: Cléia, Clecio, Clecia e Clezia, além de oito netos e quatro bisnetos. Segundo a professora Cléia Leopoldina, 50 anos, o pai sempre educou os filhos com muita dignidade e lhes ensinou a lutar pela vida com honestidade e nunca discriminar as pessoas.


Avelino Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário